Vídeo mostra situação precária no 28 de Agosto e contradiz governo

Notícias do amazonas


(function(d, s, id) {
var js, fjs = d.getElementsByTagName(s)[0];
if (d.getElementById(id)) return;
js = d.createElement(s); js.id = id;
js.src = “http://connect.facebook.net/en_US/sdk.js#xfbml=1&version=v2.6”;
fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs);
}(document, ‘script’, ‘facebook-jssdk’));

Um vídeo-denúncia feito de dentro do Hospital e Pronto Socorro 28 de Agosto, escancarou mais um problema para a saúde do Amazonas. As imagens apontam que duas salas do centro cirúrgico estava inoperantes por conta dos condicionadores de ar quebrados. O vídeo foi gravado nesta terça-feira (14).

Com membros da cúpula da Secretaria de Estado da Saúde do Amazonas (Susam), a secretária executiva do Governo, Vanessa Nascimento, havia feito um vídeo na noite da última segunda-feira (13), desmentindo toda acusação, com direito a presença do diretor do HPS 28 de Agosto, Eduardo Mesquita. “As denúncias são uma inverdade”, diz Mesquita.

Mas nesta terça,14, um homem, que não se identificou na filmagem mostra as cinco salas do centro cirúrgico, e desconstrói o discurso de Vanessa e Eduardo. O vídeo mostra duas salas com placas na porta avisando “ar condicionado quebrado” e as outras três funcionando normalmente.

A secretária  fala ainda que a unidade não tem problemas com luvas medicamentos e suturas. O denunciante chama o vídeo da Susam de “brincadeira de marketing”. O órgão já tomou conhecimento do caso e deve analisar a situação para dar uma resposta à imprensa.

A saúde é o maior desafio para Wilson Lima, que em quase seis meses de governo não conseguiu reverter o déficit bilionário. Em fevereiro deste ano, em uma dos primeiros balanços feitos, o novo Governo Estadual apontou um rombo de R$ 1,1 bilhão nas contas da Susam, sendo que apenas R$ 100 milhões eram de empresas terceirizadas, que prestam serviços de pessoal.

O post Vídeo mostra situação precária no 28 de Agosto e contradiz governo apareceu primeiro em Amazonas1.



Source link

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *