Shoppings de Manaus terão venda de produtos sem imposto

Economia Imposto Noticias do amazonas Produtos shopping Venda

A capital amazonense receberá no próximo dia 24 de maio, o Dia da Liberdade de Impostos (DLI 2018), uma ação de iniciativa da Câmara de Dirigentes Lojistas Jovem de Manaus (CDL Jovem Manaus), em parceria com os shoppings Amazonas e Manauara. A principal finalidade da campanha será conscientizar a população sobre quanto de tributo os consumidores pagam no dia-a-dia. O protesto contará com a participação de centenas de lojas de segmentos como calçados, vestuários, restaurantes e eletroeletrônicos.

A novidade para 2018 é que a campanha, antes realizada apenas em postos de combustíveis e somente em um shopping da cidade, este ano, será realizada nos dois tradicionais e mais acessíveis shoppings de Manaus. 
Os lojistas adeptos à campanha, irão reduzir os impostos dos valores dos produtos, vendendo-os pelo preço real. Na capital do Amazonas, o evento será realizado no Amazonas e no Manauara Shopping, das 10h às 22h, do dia 24 de maio. 
O coordenador da CDL Jovem Manaus, Luiz Eduardo Leal, acredita que com a abrangência do evento para dois shoppings, a campanha terá a possibilidade de atingir maior número de pessoas, fazendo com que elas entendam que os impostos pagos ao governo não estão sendo reinvestido em qualidade nos serviços básicos do cidadão, como segurança, educação e saúde.
“Quanto mais pessoas entenderem que estamos trabalhando mais de 6 meses somente para pagar impostos, mais argumentos teremos para cobrar uma melhor qualidade dos serviços em todas as esferas públicas”, afirmou. 
A data marca, simbolicamente, o dia em que os brasileiros param de trabalhar apenas para pagar impostos. Neste dia, empresas dos mais variados segmentos comercializam produtos com o desconto referente ao valor da carga tributária incidente sobre eles. “Às vezes, o lojista é obrigado a arcar com todos os aumentos ditados pelo governo, não passando para o consumidor, e isso acaba diminuindo o lucro do empresário”, explicou o coordenador. 
Em Manaus, lojistas do Amazonas e do Manauara Shopping vão oferecer produtos sem o valor proporcional ao imposto que chegam a até 80% inferior ao valor ofertado. “Vale lembrar que o lojista não deixará de pagar o imposto, pois ele dará o desconto proporcional ao tributo, e ainda assim, irá emitir nota”, afirmou Leal.
Em 2018, o manauense deve ultrapassar 6 meses de trabalho somente para pagar impostos. Enquanto que em 2017 esse número foi de 153 dias, o que equivale a um pouco mais de 5 meses, de acordo com Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT), a média em que o brasileiro gasta trabalhando para pagar impostos é 150 dias por ano, somente para o pagamento e tributos sobre serviços e produtos.
A expectativa é que centenas de lojistas do Amazonas e do Manauara Shopping participem do Dia Livre de Impostos disponibilizando o máximo de produtos sem a cobrança das cargas tributárias.
Vale ressaltar que a campanha deste ano, tem o apoio do Instituto Ajuricaba, Clube Isaac Sabbá, Students for Liberty Brasil, Movimento Livres, Movimento Desperta Já e Grupo de Estudos José Bonifácio.
 
 
*Com informaões da Assessoria 
O post Shoppings de Manaus terão venda de produtos sem imposto apareceu primeiro em Amazonas1.