Primo de Zé Roberto deve ser apresentado nesta quarta-feira, 9, em Manaus

Amazonas1 compaj foragido Noticias do amazonas Polícia presidiário

O foragido de justiça, José Arimatéia Façanha do Nascimento, o “Ari”, um dos líderes da rebelião do Complexo Penitenciário Anisio Jobim (Compaj), que deixou 56 presos mortos, no dia 1º de janeiro de 2017, foi capturado em Roraima. Nessa terça-feira (8), Ari foi escoltado para Manaus por policiais do Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO) da Polícia Civil do Amazonas, e da Secretaria Executiva Adjunta de Operações (Seaop), da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-Am).
José Arimatéia Façanha do Nascimento foi capturado, na segunda-feira (7), em um sítio, na comunidade ribeirinha Vila Itaquera, na divisa entre o Amazonas e Roraima. (Foto: Divulgação/PC).
O presidiário foi capturado, na segunda-feira (7), em um sítio, na comunidade ribeirinha Vila Itaquera, na divisa entre o Amazonas e Roraima. Segundo o titular do DRCO, Guilherme Torres, ao chegar a Manaus, Ari, que é primo de José Roberto Fernandes Barbosa, o “Zé Roberto da Compensa”, deve prestar depoimento sobre a participação dele no massacre no Compaj. Ari também responde a 14 processos na justiça e estava foragido desde o dia da rebelião. Durante o massacre, as câmeras de segurança do presídio registraram o Ari atirando contra os policiais com uma espingarda calibre 12.
Com informações da assessoria
O post Primo de Zé Roberto deve ser apresentado nesta quarta-feira, 9, em Manaus apareceu primeiro em Amazonas1.