Polícia Federal prende traficantes que operavam com bitcoins

bitcoin Noticias do amazonas Polícia

 A Polícia Federal prendeu nesta segunda (9) ao menos 12 pessoas suspeitas de integrarem uma quadrilha internacional de tráfico de drogas acusada de lucrar milhões de dólares com envios de cocaína do Brasil para o exterior e de utilizar moedas virtuais para lavar o dinheiro. Atualmente 1 bitcoin equivale a R$ 25.802,43 mil.
Ao longo de 15 meses, a PF e a Receita Federal realizaram ações controladas com autorização da Justiça para monitorar o caminho da droga.
Segundo os investigadores, a quadrilha montou empresas de fachada para enviar a droga para Europa, Ásia e África, ou violava contêineres de empresas lícitas que não tinham ligação com o bando para conseguir embarcar a cocaína.
Entre os presos estão empresários que atuam no comércio exterior, despachantes, funcionários de terminais portuários e caminhoneiros.“A quadrilha recebia parte do pagamento em moedas virtuais para dificultar o rastreamento e para a movimentação volumosa e atípica de dinheiro não ser detectada”, afirmou o delegado da PF Carlos Eduardo Thomé.
Ao longo de quase um ano de investigação foram apreendidas cerca de quatro toneladas de cocaína nos portos do Rio, Vitória, Santos, Salvador e Suape (PE). A droga despachada para o exterior vinha principalmente do Peru, Colômbia e Bolívia.
A PF informou que, via cooperação com polícias de outros países, foram realizadas apreensões em portos da Bélgica, Itália e Espanha.
*Informações retiradas da FolhaPress
O post Polícia Federal prende traficantes que operavam com bitcoins apareceu primeiro em Amazonas1.