Ex-presidente do PT no AM é condenado por estelionato

Cenário Noticias do amazonas

O ex-presidente do Partido dos Trabalhadores (PT) no Amazonas e ex-presidente do Sindicato dos Metalúrgicos, Valdemir Santana foi condenado a sete anos e sete meses de prisão pela Justiça Federal, em regime semiaberto pelos crimes de estelionato e apropriação indébita de bens do Sindicato no ano de 2008. A condenação atende uma denúncia do Ministério Público Federal no Amazonas (MPF-AM).
A condenação atendeu um pedido do MPF-AM. (Foto: Reprodução)
O Sindicato pediu, na época, que a Justiça penhorasse bens, que totalizavam R$ 7,5 milhões da empresa Benq Eletroeletrônica, valor que iria garantir pagamentos de dívidas trabalhistas. Segundo a denúncia, todos os bens, como máquinas e equipamentos foram penhorados, mas os valores não teriam sido repassados à entidade sindical e nem houve prestação de contas à Justiça do Trabalho, uma vez que ficaram sob a guarda de Valdemir.
Quem assina a sentença é a juíza, Ana Paula Serizawa, que afirma em trecho da decisão: “Como presidente do Sindicato dos Metalúrgicos, aceitou e participou da empreitada delituosa, tendo responsabilidade destacada nesta”, escreveu a magistrada.
A magistrada considera graves os atos do sindicalista, porque causou prejuízo não apenas às empresas, mas a trabalhadores que “tiveram seus créditos alimentícios frustrados em virtude da conduta do réu”. A pena era de 5 anos e 4 meses, mas foi reformulada diante de diversos agravantes.
 
 
 
 
 
O post Ex-presidente do PT no AM é condenado por estelionato apareceu primeiro em Amazonas1.