A Secretaria de Estado de Administração Penintenciária (Seap) confirmou que a ex-secretária de Infraestrutura (Seinfra), Waldívia Alencar, deverá ser liberada nesta segunda-feira, 23. O procedimento atende à decisão do  juiz da 4ª Vara Criminal do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), Glen Paulain Machado, que concedeu liminar para a ex-gestora.ler agora

A Secretaria de Estado de Administração Penintenciária (Seap) confirmou que a ex-secretária de Estado e Infraestrutura (Seinfra) Waldívia Alencar deverá ser liberada nesta segunda-feira, 23. O procedimento atende à decisão do  juiz da 4ª Vara Criminal do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), Glen Paulain Machado, que concedeu liminar paraler agora

Nos bastidores da operação “Concreto Armado” deflagrada nesta quarta-feira, 18, pelo Ministério Público do Amazonas (MP-AM) com o apoio da Polícia Civil do Estado, veio à tona, nos bastidores, a relação consanguínea do coordenador da operação, procurador Carlos Fábio Braga Monteiro, com o secretário de Estado de Educação (Seduc), Lourençoler agora

Presa nesta quarta-feira, 18, no âmbito da Operação Concreto Armado, a ex-secretária de Estado de Infraestrutura, Waldívia Ferreira Alencar, comandava um esquema de corrupção que foi detalhado pelo Ministério Público do Estado (MP-AM). A estimativa é que o prejuízo aos cofres públicos passe de R$ 25 milhões. Waldívia Alencar (Fotos:ler agora

A prisão da ex-secretária de Estado de Infraestrutura do Amazonas, Waldívia Alencar, repercute nos principais veículos de comunicação do País, que destacam o fato de ela ter se tornado milionária, além de sua influência no meio político. Secretária se tornou milionária, segundo o MP (Foto: Reprodução/Facebook) Sites da Revista Veja, doler agora

Waldívia Alencar, ex-secretária de Estado de Infraestrutura do Estado nas gestões dos ex-governadores Eduardo Braga (MDB), Omar Aziz (PSD) e José Melo (PROS), se tornou proprietária de 23 imóveis avaliados em mais de R$ 11 milhões, segundo investigações do Ministério Público do Estado (MP-AM). Operação Concreto Armado foi deflagrada nestaler agora