O Ministério Público do Amazonas (MP-AM) e o Ministério Público de Contas do Estado (MPC) recomendaram, de forma conjunta, ao Secretário de Estado da Educação e Qualidade de Ensino (Seduc), Lourenço Braga, e ao Instituto Acesso, a suspensão do concurso público realizado no último domingo, 8.  A nova data aindaler agora

O Ministério Público do Estado do Amazonas (MP-AM), por meio da 46ª Promotoria de Justiça da Capital, pediu à Justiça a extinção do Instituto Japiim, entidade civil sem fins lucrativos. A ação tem como base as investigações realizadas no curso do Inquérito Civil n.° 051.2017.000064 e visa resguardar os interessesler agora

Confrontado por jornalistas sobre o resultado do diagnóstico da consultoria para resolver a crise na Segurança Pública do Amazonas, o ex-prefeito de Nova Iorque, Rudolph Giuliani, classificou como “estranhas” as perguntas da imprensa e não apresentou informações concretas do contrato milionário que mantém com o governo do Estado. Amazonino eler agora

A Secretaria de Estado de Administração Penintenciária (Seap) confirmou que a ex-secretária de Infraestrutura (Seinfra), Waldívia Alencar, deverá ser liberada nesta segunda-feira, 23. O procedimento atende à decisão do  juiz da 4ª Vara Criminal do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), Glen Paulain Machado, que concedeu liminar para a ex-gestora.ler agora

A Secretaria de Estado de Administração Penintenciária (Seap) confirmou que a ex-secretária de Estado e Infraestrutura (Seinfra) Waldívia Alencar deverá ser liberada nesta segunda-feira, 23. O procedimento atende à decisão do  juiz da 4ª Vara Criminal do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), Glen Paulain Machado, que concedeu liminar paraler agora

Nos bastidores da operação “Concreto Armado” deflagrada nesta quarta-feira, 18, pelo Ministério Público do Amazonas (MP-AM) com o apoio da Polícia Civil do Estado, veio à tona, nos bastidores, a relação consanguínea do coordenador da operação, procurador Carlos Fábio Braga Monteiro, com o secretário de Estado de Educação (Seduc), Lourençoler agora

Por negar acesso a informação, o Ministério Público do Estado (MP-AM),  por meio do Promotor de Justiça Substituto Weslei Machado, titular da 1ª Promotoria de Justiça de Coari/AM, instaurou inquérito civil contra a prefeitura do município (a 444 quilômetros de Manaus) para apurar a prática de improbidades administrativas. No últimoler agora

Por negar acesso a informação, o Ministério Público do Estado (MP-AM),  por meio do Promotor de Justiça Substituto Weslei Machado, titular da 1ª Promotoria de Justiça de Coari/AM, instaurou inquérito civil contra a prefeitura do município (a 444 quilômetros de Manaus) para apurar a prática de improbidades administrativas. No últimoler agora

O Ministério Público do Estado (MP-AM), por meio da 2ª Promotoria de Justiça de Parintins, abriu inquérito Civil nº 002/2018 – PJP, para apurar supostas irregularidades praticadas pelo prefeito de Parintins, Bi Garcia (PSDB), na área de Educação do município, no ano de 2009. Foto: Arquivo/Internet       Segundoler agora