Débora Diniz, professora da faculdade de Direito da Universidade de Brasília (UnB) e ativista pró-aborto, teve de deixar a cidade após ser alvo de ataques pela internet por ser uma das selecionadas pelo Supremo Tribunal Federal (STF) para falar a favor da descriminalização do aborto em audiência pública marcada para osler agora